sexta-feira, 3 de agosto de 2007

Que susto!

Claro que eu não podia faltar a uma ocasião tão importante como o sorteio da terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões. Sentado, à espera que a bolinha mágica saísse, fui, pouco a pouco, morrendo de medo com o que se podia passar com o Benfica e com os comentários assombrosos desse vulto da Eurosport que é o Nuno Santos, possivelmente um dos piores comentadores que já vi (será que o mal está no apelido?).


À partida tínhamos dezasseis equipas, sete das quais bastante acessíveis, cinco trabalhosas e ainda quatro "gigantes" que nos poderiam causar problemas. À medida que o sorteio se foi desenrolando, fui ficando primeiramente apreensivo, depois preocupado e por fim em pânico: as equipas acessíveis já tinham saído quase todas e o que restavam eram os tais "gigantes". Benfica, nem vê-lo. O Nuno Santos também estava apavorado.

Finalmente saiu a bolinha com o SL Benfica e logo depois o nosso adversário: o FC Copenhaga ou o Beitar de Jerusalém. Dois "colossos" do futebol mundial. A ver vamos o que se vai passar.

Já jogámos com o Beitar de Jerusalém já lá vão uns anos. Na altura, na velhinha Luz, os israelitas foram cilindrados por 6-0. Em Israel, o relaxamento apoderou-se dos jogadores que já sabiam que a eliminatória estava garantida e perdemos por 4-2. Lembro-me dessa vergonhosa derrota, e que no final, o menino de ouro, JVP, veio pedir desculpas em público em nome da equipa que capitaneava.

Contra o FC Copenhaga, a história é mais recente. Todos nos lembramos dos dois jogos contra estes dinamarqueses no ano passado nesta mesma competição. Todos nos lembramos da atitude de cobardia e falta de coragem de Fernando Santos que preferiu jogar para o empate contra uma equipa medíocre e pior, no final do jogo, dizer que o empate até poderia servir muito bem para passarmos no final à segunda fase (não foi, pois claro). Depois do empate em Copenhaga, ganhámos por 3-1 na Luz com dois golos do Miccoli e um do Léo.

Resumindo, é uma eliminatória em que provavelmente jogaremos com os dinamarqueses e em que jogamos primeiro em casa (tal como o Nandinho gosta!), por isso, se o Benfica falhar, já sabemos que cabeça é que eu quero ver a rolar. mas é melhor nem falar-mos disso, pois vamos passar. É só não fechar-mo-nos lá atrás na defesa, tal como FS fez o ano passado.

3 comentários:

VeRMeLHoVZKy disse...

O Copenhaga é uma equipa fraca, não é???

Mas só eliminou o Ajax e nos outros 2 jogos do grupo em casa, ganhou ao Manchester e ao Celtic.

JNF disse...

Tem calma, vermelhovzky, sabes tão bem quanto eu que o Copenhaga é uma equipa fraca e eu acho que ainda nos calha o Beitar...

benfica fc disse...

Nestas coisas nunca é de fiar. Mas temos obrigação de ganhar.
Ainda me lembro desse terrível ciclo em que o JVP começou a ter que pedir desculpas por causa das exibições da equipa (culminou com aqueles 7-0 em Vigo). Agora as coisas são bem diferentes. Admito perder com o Copenhaga ou com o Beitar, mas uma eleiminatória a duas mãos é para ganhar.
http://benfica-fc.com/slbenfica/

Sobre o Blog

De um benfiquista para os benfiquistas. Este é um blog para todos os que, diariamente vivem e respiram Benfica. Viva o Sport Lisboa e Benfica!

Visitantes



  © Free Blogger Templates Columnus by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP